Sign in

Luiz Paulo Tavares Gonçalves

I — Resumo

Após um pequeno hiato sem publicar no blog, hoje vou expor um tópico que vai ao encontro com um dos pilares da estatística: o teorema central do limite. Buscando apresentar a convergência para uma distribuição Normal (doravante, Gaussiana). Vou tomar a distribuição exponencial como ponto de partida apenas por conveniência da simplicidade matemática, não obstante, pode-se ampliar para inúmeras tipologias de distribuição. Diga-se de passagem, fugindo da cultura do blog, busco ser menos teórico e mais pragmático na exposição de hoje, portanto, menos rigoroso. …


I — Introdução

Dando sequência nas duas notas publicadas anteriormente no blog [1] [2], o texto de hoje busca esboçar uma das ferramentas básicas da estatística elementar e, posteriormente, por fim, aplicar o teste de permutação. Partindo das irmãs siamesas: covariância e correlação; com o foco na segunda.

II — Correlação de Pearson

Irmãs siamesas, pois ambas buscam, guardada suas proporções, indicar a relação direcional entre variáveis. Vou partir de uma notação não tão convencional, porém simplificada para o entendimento da matemática da correlação. …


I — Introdução

A presente nota, sem a teorização e o formalismo de praxe, busca apenas aplicar permutação seguindo o texto anterior publicado aqui no blog [1]. Pode-se dizer que é um simples apêndice do texto anterior.

II — Permutação

Como exposto anteriormente, as médias aparadas juntamente com a mediana são normalmente classificadas como métricas robustas de centralidade, assim, na contramão da fraqueza das médias aos outliers. Pois bem, posto isso, busco agora observar a diferença de média entre grupos. Bruce & Bruce resumem bem os passos que vou seguir:

Calcular as diferenças absolutas entre as médias dos grupos A…


I — Introdução

Hoje vou sumarizar um tópico bem easy aqui no blog: medida de centralidade. Com o foco em uma métrica não tão divulgada nos livros-texto de estatística, porém de grande utilidade para encontrar medidas de centralidade robustas em análise exploratória. Para além das famigeradas média e mediana.

II — Medidas de Centralidade

Sem sombra de dúvidas, a medida de centralidade comumente mais utilizada e popular no corre-corre do cotidiano é a média. Maior popularidade dinamizada por sua definição trivial: a soma de todos os valores das observações dividido pelo número total de observações. Ou seja, basta apenas duas…


I — Introdução

O texto de hoje é inusitado. Não dado o conteúdo abordado, mas pelo fator gerador: o título de uma matéria de jornal da CNN[1]. Em negritos (por que não em letras garrafais?) li no jornal: “Pela 1º primeira vez na história, estado brasileiro registra mais mortes que nascimentos”. Seguindo com o subtítulo acachapante: “Rio Grande do Sul registrou 15.802 óbitos e 11.971 nascimentos em março deste ano”. Além de colocar em tela o panorama mórbido que o Brasil está passando na pandemia, ressoou na minha mente de entusiasta da cliometria[2], um período da história do Brasil que…


I — Introdução

Sinceramente, é puro devaneio de um sábado chuvoso. Nem eu sei ao certo o que busco no texto de hoje. Digamos, por precaução, que são anotações sobre um passeio aleatório pela famosa função Cobb-Douglas. Não posso, sob o céu nublado, ir além dessa precaução. Único ponto que posso assumir como hipótese de trabalho: não vou sequer adentrar na controvérsia do Capital. Pois bem, vamos aos meus devaneios.

I — A função de produção mais famosa da economia?

Há tempo, os economistas buscam modelar os fatores que combinados exercem papel na produção. De forma bem documentada, pode-se datar…


I — Introdução

Envelhecendo como vinho, hoje resolvi publicar algumas anotações aqui no blog que há tempo estão permeando meus estudos sobre séries temporais. Ano passado, ressoou na minha mente as estimativas das importações de mão de obra escrava para o Brasil — com a visível quebra no ano da Lei Feijó e, posteriormente, com uma segunda quebra mais aguda com a Lei Eusébio de Queiroz — e no presente ano voltou a tilintar minha mente novamente de forma indireta com meu amigo Ailson Fernandes estudando as exportações de soja. …


I — Introdução

Espero que seja o primeiro e último texto de cunho opinativo aqui no blog! No presente texto, fujo totalmente do escopo positivo normalmente abordado (caindo miseravelmente no campo normativo e satírico). Pois bem, dado o crescimento exponencial de cursos online de Data Science — a contragosto — resolvi colocar em palavras uma opinião um tanto quanto polêmica.

II — O Inferno está calçado de boas intenções

No mercado de cursos online, lecionados por analfabetos mal intencionados, o segmento financeiro tem não apenas a louvável maior fatia de mercado, mas também seu play de maior destaque: os cursos…


I — Introdução

Após um pequeno hiatos de alguns meses sem publicar no blog, hoje busco fazer uma rápida aplicação bem easy com regressão. Em primeiro, a aplicação de hoje foi produzida pautada na ideia de quebrar o hiato, dito isso: não espere muito do texto adiante!

I I — Modelo Duplo-Log, para os íntimos: Log-Log

No meu último texto para o blog apliquei o modelo Lin-Log. Sem querer buscar neologismos ou novas definições, podemos dizer que o modelo Duplo-log (para os íntimos, Log-Log) é o irmão siamês do modelo Lin-Log — da família dos semilogarítmicos. Basicamente, carrega a mesma…


I — Introdução

No primeiro texto do ano para o blog, busco calcular a distância de Cook dado um modelo de regressão. Não obstante, como de costume, percorro um longo passeio aleatório até efetuar o cálculo e a visualização da distância de Cook. Por ser um textinho simples, não vou subir o código para meu github e deixarei apenas a parte final do código disponível no corpo do texto.

II- Modelo

Vou partir da clássica regressão linear simples para efetivar o exemplo da distância de Cook. Como de praxe, a regressão linear simples pode ser dada da seguinte forma:

Na…

Luiz Paulo Tavares Gonçalves

Um simples graduando em economia e aspirante a cientista de dados que, respeitando sua restrição orçamentária, trabalha como analista de dados para sobreviver.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store